Guia Michelin 2019 premia novos restaurantes brasileiros

Ser o único representante da América do Sul em um dos guias gastronômicos e turísticos mais famosos – e requintados – do planeta é um privilégio que o Brasil vem mantendo com maestria. Criado há 118 anos, o Guia Michelin atende ao todo 30 países em premiações anuais, deixando quem aprecia o melhor da alta gastronomia ansioso para as próximas edições.

A de 2019, por exemplo, a quinta em que o Brasil integra o menu, traz o país com três restaurantes na categoria duas estrelas: D.O.M (Alex Atala), que integra o pódio desde 2015 e os agora veteranos Oro (Felipe Bronze) e Tuiu (Ivan Ralston), que alcançaram a categoria em 2018. Além disso, o paulistano Evvai (Luiz Filipe Souza) e os cariocas Cipriani (Nello Cassesse) e Oteque (Alberto Landgraf) são os mais novos nacionais uma estrela. Já na categoria Bib Gourmand, que seleciona pratos referência em sabor e qualidade, mas com preço moderado (até R$ 120,00), foram sete novos nomes, os paulistanos A Baianeira (Manuelle Ferraz de Bessa), Balaio IMS (Marcelo Carvalho), Barú Marisquería (Dagoberto Torres), Corrutela (Cesar Costa) ,Komah (Paulo Shin) e os cariocas  Pici Trattoria (Elia Schramm)Lilia (Lucio Vieira). Por outro lado, dois estabelecimentos perderam suas estrelas: Fasano (Luca Gozzani), Dalva e Dito (de Alex Atala) e o país continua sem nenhum restaurante três estrelas.

A escolha leva em consideração a qualidade dos produtos, o domínio do sabor e técnicas culinárias, a personalidade do Chef na sua cozinha, a relação qualidade/preço e a consistência entre visitas. Os avaliadores, especialistas com diplomas renomados em gastronomia e hotelaria, visitam os espaços sem se identificarem como tais e, a partir daí, as estrelas são distribuídas. Detalhe: a escolha dos premiados é sempre coletiva e demandada por um longo processo, nunca alvo da decisão de um único jurado.

Segundo a publicação, uma estrela representa uma cozinha requintada que vale a pena conhecer (produtos de primeira qualidade, execução claramente refinada, sabores marcantes, regularidade na realização dos pratos), duas estrelas é uma cozinha excelente que vale o desvio (melhores produtos valorizados pela experiência de um Chef talentoso, que assina, com sua equipe, pratos sutis e surpreendentes, às vezes muito originais) e três estrelas é uma cozinha excepcional que vale a viagem (a assinatura de um grande Chef. Produtos excepcionais, pureza e potência dos sabores, composições equilibradas: esta cozinha alcança o nível de obra de arte. Os pratos, executados com perfeição, muitas vezes se tornam clássicos). As estrelas são o ápice das avaliações, mas os ambientes visitados também recebem no guia símbolos que representam, por exemplo, a qualidade do atendimento.

Criado para ajudar os motoristas em suas viagens, O Guia Michelin contava com informações sobre mapas, postos de combustíveis, dicas úteis sobre mecânica e – claro – recomendações dos melhores restaurantes e locais para dormir. As estrelas chegaram em 1926, mas apenas uma década depois é que foi estipulado três, um verdadeiro pódio, para elencar o melhor da gastronomia mundial. Os números impressionam: ao todo são mais de 30 mil estabelecimentos avaliados e 30 milhões de cópias vendidas.

No Brasil:

Duas estrelas

  • O.M
  • Oro
  • Tuju

Uma estrela

São Paulo

  • Huto
  • Jun Sakamoto
  • Kan Suke
  • Kinoshita
  • Kosushi
  • Maní
  • Picchi
  • Ryo Gastronomia
  • Tangará Jean-Georges
  • Evvai (novo)

 

Rio de Janeiro

  • Lasai
  • Mee
  • Olympe
  • Cipriani (novo)
  • Oteque (novo)

 

Bib Gourmand

São Paulo

  • Arturito
  • Le Bife
  • Bio
  • Bistrot de Paris
  • Brasserie Victória
  • A Casa do Porco
  • Casa Santo Antônio
  • Ecully Perdizes
  • Fitó
  • Jiquitaia
  • Manioca
  • Mimo
  • Mocotó
  • La Peruana
  • Petí
  • Petí Panamericana
  • Piccolo
  • Più
  • Tanit
  • TonTon
  • Tordesilhas
  • Zena Caffè
  • A Baianeira (novo)
  • Balaio IMS (novo)
  • Barú Marisquería (novo)
  • Corrutela (novo)
  • Komah (novo)

Rio de Janeiro

  • Artigiano
  • Lilia (novo)
  • Miam Miam
  • Pici Trattoria (novo)
  • Pomodorino

Por |2019-06-25T16:57:31-02:0025/06/2019|Categorias: Restaurantes|Tags: , |

Deixe um comentário