Restaurantes brasileiros com estrela Michelin.

Quando se fala em gastronomia, uma extensa lista de restaurantes espetaculares vem à nossa mente.

Apesar de, no Brasil, existirem inúmeras opções de bons restaurantes, uma seleta lista faz parte dos estrelados Michelin.

O prêmio da estrela Michelin é o mais cobiçado pelos chefs do ramo e extremamente criterioso, ou seja, conhecer um restaurante com estrela Michelin significa viver uma experiência gastronômica quase perfeita!

Mas você sabe de onde surgiu esse prêmio?

A estrela Michelin está mais ligada ao automobilismo do que muitas pessoas imaginam. A ideia foi concebida em 1900 por André Michelin, o fundador da Compagnie Générale des Établissements Michelin, a famosa marca de pneus, que tem como mascote o Bibendum.

O objetivo era promover o turismo para o crescente mercado automobilístico, criando um roteiro que reunisse um grupo de restaurantes e hotéis de qualidade para o público-alvo.

O Guia Michelin foi ganhando proporções inesperadas e tornou-se o principal indicador dos melhores restaurantes e hotéis de França e, depois, do mundo inteiro.

Como é feita a escolha dos restaurantes?

O guia possui uma equipe qualificada em cada país, que tem como objetivo fazer a análise desses restaurantes.

Os avaliadores possuem especialização em hotelaria e gastronomia, eles viajam o país todo conhecendo e experimentando os pratos dos restaurantes.

Eles visitam os lugares anonimamente, pagam por suas refeições e, em seguida, avaliam com estrelas, sendo três a premiação máxima, seguindo cinco critérios: qualidade dos produtos, domínio do sabor e técnicas culinárias, personalidade do chef, custo benefício e consistência do padrão culinário.

A cada um desses critérios é dada uma nota de 1 a 5, sendo 5 a nota mais alta. Em alguns restaurantes, mais de um inspetor avalia o estabelecimento. Isso geralmente acontece quando o dono reconhece o inspetor.

Receber uma estrela já é um reconhecimento imenso e, em geral, o restaurante que tem essa conquista, se prepara para receber as demais estrelas nos anos seguintes.

Ter uma ou mais estrelas é sinônimo de sucesso e status. Para que o restaurante tenha três estrelas são necessárias mais perfeição, originalidade e qualidade em seus pratos.

Os brasileiros com Michelin

Atualmente, o Brasil possui 14 restaurantes estrelados, sendo nove em São Paulo e cinco no Rio de Janeiro.

Apenas 4 deles possuem duas estrelas, são eles:

  • D.O.M, do chef Alex Atala (SP): cozinha criativa brasileira que tem como característica elementos específicos da floresta amazônica, o que torna a visita ao restaurante única.
  • Ryo Gastronomia, do chef Edson Yamashita (SP): cozinha japonesa com apenas 8 clientes atendidos por vez no balcão, onde o chef prepara os pratos que são servidos em sequência.
  • Oro, do chef Felipe Bronze (RJ): cozinha criativa brasileira com duas opções de menu degustação, criatividade e afetividade, que podem ser escolhidos com harmonização de vinhos.
  • Oteque, do chef Alberto Landgraf (RJ): cozinha moderna que trabalha com menu degustação montado de acordo com a disponibilidade e sazonalidade dos ingredientes

Os demais restaurantes com estrela Michelin no Brasil são:

  • Evvai, do chef Luiz Filipe Souza (SP): cozinha italiana moderna com a brasileira atual.
  • Huto, do chef Fabio Honda (SP): cozinha nipônica clássica com toques modernos.
  • Jun Sakamoto, do chef Jun Sakamoto (SP): cozinha japonesa.
  • Kan Suke, do chef Egashira Keisuke (SP): cozinha japonesa.
  • Kinoshita, do chef Satoshi Kaneko (SP): cozinha japonesa.
  • Maní, da chef Helena Rizzo (SP): cozinha criativa brasileira.
  • Picchi, do chef Pier Paolo Picchi (SP): cozinha italiana.
  • Cipriani, do chef Aniello Cassese (RJ): cozinha italiana.
  • Lasai, do chef Rafael Costa e Silva (RJ): cozinha moderna.
  • Mee, do chef Rafael Hidaka (RJ): cozinha pan-asiática contemporânea

Quais estão na sua lista para conhecer? Uma coisa é certa: será uma experiência deliciosa!

Por |2021-07-15T14:16:53-02:0015/07/2021|Categorias: Restaurantes|

Deixe um comentário