Os chefs de cozinha mais renomados do Brasil

Foi-se o tempo em que feijoada e caipirinha eram as referências gastronômicas mais famosas do Brasil. Mais do que nunca o país consagra-se com grandes nomes à frente de restaurantes premiados e pratos únicos, fruto principalmente da singularidade dos sabores regionais. Prova disso é que desde 2015 integra o Guia Michelin, sendo o único representante da América do Sul em um dos mais conceituados rankings culinários, além de entrar de vez na tendência dos realities shows do segmento. O Master Chef Brasil, por exemplo, mais do que revelar novos nomes da gastronomia nacional, trouxe ainda mais visibilidade para os jurados, em sua maioria Chefs de renome, e seus famosos estabelecimentos.

Um dos destaques é Alex Atala. Chef do D.O.M, além do Dalva e Dito, é figura frequente em premiações, tendo sido bem avaliado pela revista “Restaurant” e Guia Michelin, dois grandes “óscares” da culinária mundial. Em 2006 foi eleito Chef do Ano pela publicação “Guia Quatro Rodas” e o D.O.M já foi tido como um dos melhores restaurantes do mundo. “Os ingredientes e a cultura alimentar de seu país são protagonistas em uma cozinha vanguardista, sofisticada e sempre surpreendente”, explica em seu site. Conectado com o consumo consciente, comanda também a marca Retratos do Gosto.

Helena Rizzo, do Maní também coleciona elogios. A Chef aposta em uma cozinha contemporânea que celebra os ingredientes nacionais de maneira inovadora e já foi eleita a Melhor Chef Mulher do Mundo 2014 pelo Prêmio Veuve Clicquot. O Maní também integra o ranking dos 50 melhores do mundo pela “The World’s 50 Best restaurants”. Ao lado dela, Roberta Sudbrack, considerada a melhor chef da América Latina em 2015 e uma das pioneiras no uso do menu degustação, em que os pratos mudam diariamente.

O nordeste brasileiro está muito bem representado pelo Chef Rodrigo Oliveira, as mãos e mente criativa por trás do “Mocotó. O pernambucano, que já foi eleito chef e personalidade gastronômica do ano é também autor do livro “Mocotó – o pai, o filho e o restaurante”. Vale a visita!

Já o Norte têm Thiago Castanho como uma de suas estrelas. Considerado um dos chefs mais inovadores do Brasil pela “The New York Times ”, o anfitrião do “Remanso do peixe” e “Remanso do Bosque” também foi eleito um dos melhores do mundo pela “Restaurant”. Mais do que valorizar os produtos nacionais, Castanho apoia os produtores regionais, garantindo uma cozinha de sabores locais em que todos saem ganhando – quem planta e quem prova.

Henrique Fogaça dispensa apresentações. O famoso jurado do Master Chef inovou nas comidas de rua e tornou-se uma das maiores referências nacionais. Chef das casas Jamile restaurante, Sal Gastronomia e Cão Véio, aposta em pratos executivos diferenciados, preço acessível e autenticidade como marca registrada.

Uma prova de que Brasil e Argentina só são rivais no futebol – e olhe lá – é o carisma da Chef Paola Carosella, outra jurada do reality. Seu famoso Arturito, de toques clássicos mediterrâneos é uma das atrações gastronômicas imperdíveis em São Paulo.

Por |2019-08-29T17:24:30-02:0029/08/2019|Categorias: Restaurantes|

Deixe um comentário